Boulos processa candidato do Novo que questionou promessas

Sonia Racy

12 de novembro de 2020 | 00h50

GUILHERME BOULOS

GUILHERME BOULOS. FOTO: FELIPE RAU/ESTADÃO

Cloro… 

Guilherme Boulos entrou, na última segunda-feira na Justiça Eleitoral, com processo contra Matheus Hector. A razão foi o Instagram do candidato a vereador pelo Novo, questionando promessas econômicasfeitas pelo postulante do PSOL à Prefeitura. 

Quais? O estabelecimento do passe livre , que segundo Hector, custaria R$ 10 bilhões por ano, e criação da renda básica que, fixada em R$ 300 por mês, custaria outros R$ 12 bilhões anuais. 

São Paulo, segundo o Orçamento, tem só R$ 7 bilhões livres. 

…na piscina? 

 As outras são taxar os ricos e poderosos, coisa que por lei é de competência do governo federal e por último… ocupar 40 mil imóveis vazios em SP. 

 Advogados de Boulos alegam que Hector fez impulsionamento de propaganda negativa, o que é vetado pela legislação. E que o post teria alcançado 1 milhão de pessoas nas redes.  

 O candidato do Novo pergunta: “Ele quer ser prefeito de SP mas não quer ser fiscalizado. Essa é a relação que Guilherme Boulos vai querer ter com a Câmara Municipal…a de mordaça?” 

 Apagão 

Cinco geradores de 40KVA devem ser adquiridos para prisões no Amapá que estão em revezamento de energia e para setores de TI. 

 O Departamento Penitenciário Nacional se movimentou e liberou R$ 265 mil, por meio do Funpen, para a compra pelo Governo do Amapá. 

Black power 

 A TIM criou teclado com corretor ortográfico para palavras de origem racista. O app avisa quando algo preconceituoso é escrito, dá direito a explicação do porquê para o infrator, bem como opções para que ele possa substituir a palavra considerada ofensiva.  

 O Teclado Consciente estará funcionando a todo vapor a partir do dia 20, Dia da Consciência Negra. Onde? Nas lojas de Apps da Apple bem como do Google.  

Black power 2 

Iza se juntará a nomes como Carlinhos Brown, Margareth Menezes e BNegão, entre outros, em show no Museu Du Ritmo, em Salvador, no dia 21.  

 O espetáculo será guiado pela Orquestra Rumpilezz e faz parte das comemorações do Dia da Consciência Negra. O apoio é da Devassa e a apresentação será transmitida pelo YouTube da marca.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: