Boto na fita

Sonia Racy

13 de abril de 2010 | 07h59

Juca Ferreira criou plano para “incluir” a Amazônia Legal no mapa cultural do País. Montou estratégia para ter pelo menos um projeto em cada uma dos 800 cidades da região.

E começa a aceitar até inscrições orais, de indígenas e ribeirinhos entre 17 e 29 anos.