Bomba, bomba

Sonia Racy

28 de novembro de 2011 | 23h05

Passageiro brasileiro se assustou ontem. Teve de tampar os ouvidos, seguindo instrução policial, antes de explosão que detonou artefato suspeito no Charles de Gaulle, em Paris. O que atrasou o voo AF456 para Guarulhos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: