Bolsonaro agradece a funcionários do Einstein

Sonia Racy

06 de novembro de 2018 | 00h27

JAIR BOLSONARO

JAIR BOLSONARO. FOTO: IGO ESTRELA/ESTADÃO

Ontem, durante o lançamento da pedra fundamental do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Albert Einstein – investimento da ordem de R$ 600 milhões – foi exibida ao vivo, no telão, longa fala de Bolsonaro.

O presidente eleito agradeceu à Casa de Misericórdia de Juiz de Fora e ao hospital paulistano pelo fato de estar vivo. Citou nominalmente enfermeiros e depois os médicos responsáveis por ele durante a internação.

Bolsonaro parabenizou os presentes por acreditarem no Brasil e assim fazerem doações para que dois prédios sejam construídos em terreno também doado pela família Szajman.

Os anfitriões, Sidney Klajner e Claudio Lottenberg, presidente executivo e do conselho respectivamente, ficaram felizes com os aplausos do auditório do hospital.

O projeto dos prédios novos é do reconhecido arquiteto americano Moshe Safdie e a construção, da Racional.

Leia mais notas da coluna:
‘Não creio que vivemos uma caça às bruxas’, diz Maria Bonomi
Sergio Sá Leitão explica modelos da Cultura em outros países

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: