Bolo de noiva 2

Redação

04 de novembro de 2008 | 09h38

Tanto Pedro Moreira Salles como Roberto Setubal contaram, ontem pela manhã, à coluna, que as conversas se iniciaram em agosto de 2007. “Mas já havíamos pensado nisso outras vezes, como em 98”, diz Roberto.
Segundo Pedro, a idéia ganhou corpo nos últimos meses. “Foi na quarta que decidimos: o momento é agora”, completa Roberto.

“Essa foi a união mais fácil do Brasil, capitaneada por um único advogado representando ambas as partes, o Gabriel Jorge Ferreira (do Unibanco)”, destaca Pedro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.