Boletim vermelho

Sonia Racy

21 de maio de 2010 | 09h05

Ao voltar ontem de uma mini cirurgia, Paulo Renato encontrou deitado sobre sua mesa resultado desanimador de concurso da Secretaria da Educação. Tudo bem que quase todas as 10 mil vagas abertas na rede de ensino foram ocupadas. No entanto, dos 261 mil professores inscritos, somente 23% atingiram nota mínima para exercer a função. Para a disciplina de física, das 931 cadeiras vagas, só 304 serão preenchidas.

O secretário, no entanto, tem certeza de que o índice vai mudar. Com a nova política de valorização do trabalho dos mestres e distribuição de bônus.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: