Bola no pé

Sonia Racy

20 de agosto de 2010 | 23h11

Executivos do Comitê Paulista para Copa do Mundo conversaram com Andrés Sanchez esta semana, segundo conta Alberto Goldman. Descobriram que o Corinthians equacionou a construção de um estádio para 45 mil lugares. Mas que o time não tem recursos para ampliar o projeto para 60 mil espectadores, como exige a Fifa para a abertura do mundial em 2014.

Ao ouvir que Estado e Prefeitura não colocarão dinheiro público neste tipo de empreendimento, Sanchez lembrou que a Fifa investiu US$ 1,5 bilhão nos estádios da África do Sul.

Seja lá o que isso quer dizer.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: