Bola no pé

Sonia Racy

07 de março de 2012 | 01h10

A Copa de 2014 não pode sair do Brasil. Segundo alta fonte do governo Dilma, tanto Fifa como União consultaram advogados nacionais e internacionais. Chegaram à conclusão de que o imbróglio legal seria tão grande, que a disputa simplesmente não teria como ser realizada no ano marcado.

Ja imaginaram o mundo sem a Copa do… Mundo?

Bola no pé 2

Avalia-se que os custos de uma quebra de contrato, para ambos os lados, seriam de tal ordem que equivaleriam ao dobro do que custará o Mundial.

Portanto, ninguém está blefando. Dilma trabalha, hoje, com essa carta na manga. Provavelmente, teria postura diferente ante a Fifa se a brigalhada tivesse se dado no ano passado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: