Boi na linha?

Sonia Racy

16 de novembro de 2014 | 01h10

Emissários de Vivo, Oi e Claro têm circulado por Brasília esta semana. Por causa da compra da TIM Brasil? Não, nada disso. Segundo se apurou, o que move as três empresas é uma lei que está para ser votada na Câmara e proíbe a imposição de prazo de validade aos créditos de celulares pré-pagos.

Fontes da coluna nas operadoras são unânimes: não haverá como evitar aumento de preços no serviço – que responde por 75% do mercado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.