Boca do Leão

Sonia Racy

29 de janeiro de 2014 | 01h02

Pelos corredores do Santos, não se percebe animosidade contra Neymar e seu pai. “A preocupação deles agora não deve ser com a gente, mas, sim, com a Receita Federal. Ambos são residentes no Brasil e pagam imposto aqui”, diz fonte ligada ao clube.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.