Boa causa

Sonia Racy

25 de março de 2011 | 23h03

O projeto Turma do Bem, de Fábio Bibancos, começa a virar item de exportação. Depois de Portugal, é a vez de Angola se interessar pela iniciativa de levar dentistas à população carente. O vice-governador da província de Luanda-Norte, Porfírio Muacassange, pediu para estruturar o projeto na capital.

A saber: enquanto o Brasil tem 22 mil dentistas, a Angola possui apenas… 22, segundo Bibancos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.