Bisneto do ‘Rei do Café’ entra no ramo de hortaliças e orgânicos

Bisneto do ‘Rei do Café’ entra no ramo de hortaliças e orgânicos

Sonia Racy

18 de fevereiro de 2018 | 01h50

ROBERTO LUNARDELLI

ROBERTO LUNARDELLI. FOTO: TAQUINHO

Na quarta geração de fazendeiros da sua família, Roberto Lunardelli decidiu seguir os passos do bisavô Geremia, que recebeu o epíteto de “Rei do Café”. Com uma diferença: a empresa que montou, a Fazenda da Mata, é do ramo de hortaliças e frutas orgânicas.

Com a marca, Roberto procura vender um estilo de vida: o retrato de sua família, que trocou São Paulo pelo campo – mora perto de Goiânia –, onde desfruta de uma qualidade de vida que ele mesmo chama de “espetacular”. Com a participação do grupo Tropical Urbanismo, Roberto pretende investir R$ 7 milhões nos próximos 4 anos e se tornar um dos maiores produtores e exportadores do Brasil. Tudo de forma sustentável.

“A intenção não é ser uma empresa meramente capitalista, é mostrar que é possível produzir em larga escala, com ênfase em sustentabilidade e ainda conseguir bons ganhos”, explicou. Está na trilha certa: as receitas passaram a compensar as despesas em apenas cinco meses. A expectativa é começar as exportações já no próximo ano.

Tendências: