Bilhete cheio

Sonia Racy

13 de março de 2014 | 01h06

A Agaxtur enfrenta desafio no Rio de Janeiro: a empresa, uma das maiores do setor de turismo, fará receptivo para cerca de 15 mil estrangeiros durante a Copa. Mas, nos quatro dias de jogos na cidade, ainda não conseguiu encontrar um único fornecedor que cobre por data.

“Querem receber pelos 30 dias do evento”, reclama Aldo Leone.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.