Bibliotecários marcam “abraçaço” contra a gestão de bibliotecas por organizações sociais

Sonia Racy

16 Janeiro 2017 | 16h46

Bibliotecários de SP armam mobilização para o dia 25 – aniversário da cidade – em frente ao Centro Cultural SP, contra a decisão da prefeitura de entregar a gestão das 52 bibliotecas municipais a organizações sociais.

Marcado via Facebook, o evento — chamado de “abraçaço simbólico” —  tinha, até a tarde desta segunda-feira, mais de mil confirmados. Segundo os organizadores, o que se precisa é de mais “profissionais concursados, mais editais de apoio à cultura, de formação continuada para os profissionais que já trabalham no setor”.

Os bibliotecários também afirmam que “com a privatização, as Organizações Sociais seriam responsáveis pela gestão do sistema resultando em precarização das condições de trabalho, bem como dos serviços oferecidos e ameaçando a qualidade e a independência da proposta cultural”.