Bênção

Sonia Racy

26 de novembro de 2010 | 23h11

Poucos souberam. Roger Abdelmassih e Larissa Maria Sacco se casaram, discretamente, há dois meses, em uma igreja nos Jardins. E convidaram apenas dois familiares. Certamente a dupla, altamente religiosa, sequer imaginava o calvário do médico, condenado a 278 anos de prisão. A qual recorrerá, solto.

Não se sabe se Abdelmassih acompanhará Larissa nas suas idas e vindas a Assis. É que em breve, a moça terá que voltar à Procuradoria local: sua licença está para expirar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: