Belo Monte 2

Sonia Racy

25 de março de 2011 | 23h07

James Cameron, por sua vez, não se inibiu. Lembrou ter feito apelo a Lula, ano passado, para que o projeto não fosse levado adiante. “Fui um gringo arrogante tentando influenciar um debate brasileiro”, declarou.

Desde então, disse que conversou com gente afetada pelo projeto e com especialistas. “Hoje o que sinto é que temos que ser inclusivos. Toda a comunidade mundial deve estar envolvida quando o tema é meio ambiente”, concluiu.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.