Bazar moderno

Bazar moderno

Sonia Racy

09 de novembro de 2014 | 01h15

Foto: Iara Morselli/Estadão

Rosangela Lyra pôs a mão na massa para reciclar o que ela chama de “o consumo da mulher no Brasil”. Reuniu cerca de cem amigas e pilota, amanhã, o Bazar da Mudança, no Hotel Unique. Para a empresária, a iniciativa é uma evolução no comportamento e na forma de consumir. “Quero batalhar por um consumo mais moderno, consciente e sustentável”, afirma. “A mudança está presente em nossas vidas de diversas maneiras. Mudamos de roupa, de opinião, de casa, de namorado… agora, é hora de mudar também o consumo e nos comportarmos de forma mais responsável.” Ao todo, serão mais de 4 mil peças, entre roupas, sapatos e bolsas – “algumas usadas, outras ainda com etiqueta”, revela Rosangela, responsável pela curadoria. Todos os itens são de grifes famosas, como Chanel, Hermès, Prada e Cartier, entre outras. E cerca de 10% do valor arrecadado será doado à Fundação Amor Horizontal – criada por Caroline Celico.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.