Batalha verde

Sonia Racy

10 de agosto de 2012 | 01h04

Por causa de seu empenho em defender o Litoral Norte, Maria Antonia Civita está sendo retaliada no que se refere a sua Verdescola. Protocolaram denúncia “anônima” contra a representante legal da instituição para tentar embargar as obras da nova sede.

Maria Antonia teve de ir, esta semana, até o Ministério Público – para se explicar. “Sei que não é culpa do MP, que só tem nos ajudado. Mas de quem quer fazer pressão contra nossas iniciativas pró-verde”, lamentou, ontem.