Batalha Naval

Direto da Fonte

22 de junho de 2013 | 01h00

A Marinha abriu sindicância para apurar as declarações de integrante da corporação no Facebook. Em um dos posts, Wladimir Fernandes, que se identifica como fuzileiro naval, diz: “boa sorte policias (sic) do RJ e do SP batam muito nos m… que se dizem manifestantes, que comecem os jogos”.

À coluna, a corporação ressaltou que “repudia qualquer tipo de incitação à violência”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.