Barulho à vista

Sonia Racy

12 de dezembro de 2013 | 01h03

Na visão da bancada ambientalista na Câmara, a comissão que debaterá a PEC 215 (criada anteontem e que transfere do Executivo ao Legislativo a prerrogativa de demarcar terras indígenas) é vingança dos ruralistas e da base aliada pela redução de verbas do governo federal às emendas parlamentares.

“O objetivo é causar desgaste a Dilma em ano eleitoral, já que o assunto terá repercussão no mundo inteiro”, disse um deputado verde à coluna. “Sabem que é inconstitucional, mas não estão nem aí.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: