Banqueiro Fernão Bracher morre de enfarte no Einstein

Banqueiro Fernão Bracher morre de enfarte no Einstein

Sonia Racy

11 de fevereiro de 2019 | 14h42

Fernão Bracher/ Foto Denise Andrade / Estadão

Morreu na hora do almoço nesta segunda-feira, no hospital Albert Einstein, em São Paulo, o banqueiro e ex-presidente do Banco Central Fernão Bracher. Ele havia sido hospitalizado há cerca de uma semana, depois de uma queda na sua Fazenda do Pinhal, no interior de São Paulo. Hoje, depois de complicações, sofreu enfarte.

Aos 83 anos, Bracher estava afastado de suas altas funções — foi presidente do BBA, vice-presidente do conselho de administração do Banco Itaú, e em 2005 dissociou-se em definitivo das tarefas no Itaú-BBA, que passaram às mãos de seu filho Candido Botelho Bracher, que hoje preside o Itaú Unibanco. 

Tendências: