Banco Plural vence licitação da EMAE mas é desclassificado na qualificação

Sonia Racy

10 de fevereiro de 2021 | 04h00

O Banco Plural venceu a primeira parte (menor preço) da licitação feita pela empresa elétrica EMAE, cuja disputa se limitou somente a… dois consórcios. Entretanto, não levou: foi desclassificado no segundo requisito, qualificação.

Pelo que se apurou, o banco entrou com recurso na secretaria de Fazenda questionando a desclassificação. Se o recurso for negado, quem vence é o Banco Fator, com o segundo melhor preço e tendo passado no quesito qualificação.

A licitação foi feita por meio de pregão. O Plural ofertou o menor preço mas, segundo fonte do governo, quando a proposta de habilitação, foi aberta, a Fazenda considerou haver falha no cumprimento das exigências.

Qual, especificamente? Há cláusula do edital que estabelece que o concorrente tenha prova que de fato tem experiência em privatizações. O Plural trabalhou na venda da Nova CEB – comprada no ano passado – mas até hoje, por questões burocráticas, as ações do DF não foram transferidas para novo dono. A Fazenda não considera isso operação concretizada.

O Plural poderia, segundo a mesma fonte do governo, ter entrado com representação contra essa cláusula especificamente. Não o fez.  Vale registrar que o recurso impetrado pelo Plural ainda não foi julgado pelo Estado. Se recusado, há possibilidade do banco entrar na Justiça.

Cofrinho 

Em três dias, as vaquinhas organizadas para ajudar Lucas Koka, ex-participante do BBB 21 – ele desistiu do programa após ataques de colegas integrantes da atração – já somam cerca de R$ 341 mil. A ideia é atingir o valor do prêmio dado pelo reality da Globo ao vencedor: R$ 1,5 milhão.

 Cofrinho 2 

Atingido como todos outros bares, a Mercearia São Pedro, tradicional bar da Vila Madalena enfrenta dificuldades na pandemia. Mas nessa segunda-feira, a situação se agravou: foi… assaltado. Frequentadores se mobilizam nas redes sociais para ajudar.

 Cofrinho 3 

Acostumado a trabalhar intensamente no Carnaval, – quando cria fantasias para as principais cantoras brasileiras – Walério Araujo está dando cursos online: criou uma série ensinando bordado e outra sobre como criar uma marca.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.