Bancada do jogo tem pressa para aprovar marco regulatório

Sonia Racy

22 de novembro de 2016 | 10h11

Parlamentares que compõem a bancada dos jogos de azar vai pressionar hoje Rodrigo Maia, em encontro de líderes, para que ponha logo em pauta a votação do marco regulatório dos jogos.

Um dos grandes argumentos do grupo é que os recursos dali obtidos podem render ao governo até mais que uma CPMF. O texto já pronto manda recolher os recursos ao Tesouro Nacional e destinar 91% à Seguridade Social.

Plano B

Se perder a aposta, a bancada dos cassinos e bingos tem outra carta na manga – um segundo projeto, com votação já prevista para 7 de dezembro