Auxiliares querem ‘resposta firme’ de Temer após o domingo

Sonia Racy

03 Dezembro 2016 | 00h55

Pessoas próximas a Temer estão aconselhando o presidente a dar uma resposta firme após os protestos que acontecerão amanhã. “Ele precisa exercer sua autoridade”, ponderou à coluna um conselheiro do peemedebista.

O grupo recomendou que Temer faça uma reforma política no início de 2017 reagindo às críticas à sua gestão. “A vontade de Temer é até mesmo de mexer em alguns ministros de seu governo”, prevê a mesma fonte.