Ato ecumênico marca na Sé 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos

Ato ecumênico marca na Sé 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos

Sonia Racy

09 de dezembro de 2018 | 00h55

CATEDRAL DA SÉ. DIVULGAÇÃO

Ato inter-religioso toma conta da Praça da Sé, amanhã, para a comemoração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Participam do evento Dom Odilo Scherer, o rabino Alexandre Leone, o sheik Mohammed Al Bukai, Lya Adriana de Nanã e o cacique Adolfo Timóteo, entre representantes dos diferentes cultos.

Leia mais notas da coluna:
Se não entrar pedra no caminho, Meirelles será secretário da Fazenda de Doria
Indígenas pedem que Funai fique no Ministério da Justiça