Atlética de Medicina da USP é acusada de alugar quadras de futebol e desrespeitar isolamento

Atlética de Medicina da USP é acusada de alugar quadras de futebol e desrespeitar isolamento

Marcela Paes

24 de janeiro de 2021 | 10h52

Atlética da Faculdade de medicina da USP. JF DIORIO / ESTADÃO

Moradores do entorno e frequentadores da Associação Atlética da Faculdade de Medicina da USP estão revoltados: a entidade alugou suas quadras de futebol.

Segundo relatos, as partidas vem sendo realizadas há cerca de três meses, inclusive durante a fase amarela – que não permite a prática

Agravante: “são vários times em esquema de revezamento. Todos sem máscara, amontoados na quadra e nos bancos de reserva”, informa um sócio. No fim, ainda fazem um churrasco.

Em nota, a Faculdade alegou que “qualquer reunião de pessoas que tenha acontecido nos locais abertos, durante os últimos meses, seguiu todas as normas de proteção contra a COVID-19. De qualquer forma, redobraremos a nossa atenção e reiteramos nossa total responsabilidade acerca da situação atual da pandemia.

Localizada em Pinheiros, a associação desportiva representa os acadêmicos da Faculdade de Medicina da USP e médicos residentes do HC. Aceitam também sócios de fora.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.