“Atividade física é essencial para a saúde”, afirma Flávio Settani

“Atividade física é essencial para a saúde”, afirma Flávio Settani

Sonia Racy

15 de maio de 2020 | 00h44

FLÁVIO SETTANI – FOTO: DIVULGAÇÃO

 

Flávio Settani, da Sett Academia, vê o decreto presidencial que classifica academias como ‘atividade essencial’ com cuidado, mas de forma positiva. E mesmo com negativa de João Doria aos pleitos para que elas reabram, o dono de um dos espaços mais exclusivos de São Paulo, acredita que isso é possível sem risco à saúde dos amantes da malhação. Aqui vão trechos da conversa do personal-empresário com a coluna.

Como vê a retomada da atividade em tempos de covid-19?
Temos que enxergar a reabertura das academias com cuidado. Mas o fato é que a atividade física é algo essencial para saúde. Estamos vendo um aumento do número de pessoas deprimidas, com problemas de pressão arterial, de piora na situação cardiovascular, na glicemia. Tudo isso são fatores complicadores se a pessoa vier a contrair o coronavírus.
É factível praticar o distanciamento neste tipo de ambiente? 
Já temos várias prerrogativas que auxiliam esse tipo de organização. O nosso atendimento é personalizado, o aluno não fica solto e vai para onde quer. Ele é direcionado por um profissional que, a partir do ok para prática, estará paramentado contra qualquer contaminação: usará máscara, fará a higienização protocolada, inclusive em cada um dos equipamentos que o aluno for usar. Antes e depois do uso. Compramos produtos usados para desinfecção de superfícies hospitalares, laudados por uma médica infectologista contratada. E na entrada da academia, vamos medir a temperatura diariamente de todos. Quem estiver com temperatura acima de 37 graus, não entra no recinto.
Aluno também será obrigado a usar máscara? 
Professor sim, ele é um profissional de uma equipe de saúde. Ainda não decidimos sobre a máscara para os alunos, se será obrigatória. Mas nossa orientação será a de que todos usem.
Isso significa alguns custos extras, não? 
Essas medidas de adaptação terão custo alto. Mas queremos operar por motivos empresariais e de saúde. Donos de academias vão ter que se conformar. As várias modificações para funcionar neste momento são essenciais para a segurança dos alunos e da equipe de saúde. E nós temos que saber que, durante esse período, iremos ganhar menos.
Acha que as pessoas vão ter medo de treinar?
Vai ter de tudo. Muitos estão querendo voltar, alguns preocupados com os procedimentos de segurança e tem aqueles que não vão voltar neste primeiro momento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: