Assuntos tributários são maioria na Justiça de primeiro grau

Sonia Racy

21 Novembro 2018 | 00h30

Assuntos tributários são os mais numerosos nas demandas da Justiça de primeiro grau do País – foram 3,5 milhões de casos novos em 2017 e, neste ano, 1,8 milhão até junho. Os mais frequentes referem-se à dívida ativa, seguidos de outros relativos às contribuições sociais. Os números são do Anuário 2019 da Justiça Federal, que o Conjur lança hoje, no STJ.

Leia mais notas da coluna:
Escolha de Roberto Castello Branco para a Petrobrás agrada ao mercado
Desgaste pesou na decisão de Ivan Monteiro

Mais conteúdo sobre:

justiça