Associação médica vai à Justiça contra validação de diplomas do exterior

Sonia Racy

19 de julho de 2019 | 16h30


A Associação Médica Brasileira vai recorrer à Justiça para barrar a proposta do MEC que autoriza flexibilizar a revalidação de diplomas emitidos por faculdades de medicina do exterior. O plano do ministério é incluir na portaria sobre o tema a permissão para que faculdades particulares se responsabilizem por parte do processo — o que, na avaliação da AMB, “vai criar um verdadeiro balcão de negócios, a exemplo do ocorrido nos últimos governos”.

Para a entidade, a iniciativa fere a Lei de Diretrizes e Bases da Educação “e não traz nenhum beneficio à medicina ou ao País”. E quem ganha, acrescenta, “são os donos de faculdades particulares”.

A AMB já havia lutado contra a norma durante os debates no grupo de trabalho do MEC, mas foi derrotada.

Tendências: