Associação dos Motoristas de Aplicativos de SP faz denúncia contra empresas ao MPF

Associação dos Motoristas de Aplicativos de SP faz denúncia contra empresas ao MPF

Marcela Paes

08 de outubro de 2020 | 13h37

Motorista de aplicativo. Foto: Gabriela Biló

A Associação dos Motoristas de Aplicativos de São Paulo (Amasp) fez uma denúncia ao Ministério Público Federal sobre  possível prática de dumping por parte das empresas de aplicativo de transporte.

Segundo o documento,   a Amasp solicita  auxílio oficial para a investigação e alega que as empresas “derrubam sistematicamente os valores das corridas e, desta forma, os valores recebidos pelos motoristas são cada vez menores, sem que as taxas que devem ser repassadas para as empresas tenham reajuste compatível”. A associação  pede  que seja instaurado processo de investigação em busca de possíveis irregularidades

De acordo com Marlon do Uber, líder dos motoristas de aplicativos de SP, o método faz com que os motoristas trabalhem períodos  maiores para alcançar ganhos ainda menores.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: