Assimilando

Sonia Racy

18 de dezembro de 2015 | 01h36

Acostumados a antecipar fatos – e assim ganhar seu pão de cada dia – os mercados apostavam ontem em Nelson Barbosa no lugar de Joaquim Levy, na Fazenda.
Aliás, o próprio Barbosa, pelo jeito, vê assim. Durante evento no Ipea, ontem, ele escorregou. “Estamos trabalhando no Ministério da Fazenda, com o Planejamento.”

Percebeu o que havia dito e se corrigiu em seguida.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: