Assembleia na praça

Sonia Racy

03 de novembro de 2015 | 01h25

Fernando Capez resolveu pôr a Assembleia paulista para passear. Quer organizar, com os deputados, sessões para votação de projetos de lei… em praça pública. “Já imaginou? Aplausos ou vaias, mas sentir o eleitor de perto”, prevê, entusiasmado, o presidente da Casa.

O primeiro plenário itinerante deve ser na Praça da Sé, no fim do mês. E, para garantir participação popular, um dos projetos em pauta será a proibição dos “pancadões”.