Artistas lamentam falta de importância dada a cultura

Artistas lamentam falta de importância dada a cultura

Sonia Racy

21 de julho de 2017 | 00h30

FERNANDA MONTENEGRO

FERNANDA MONTENEGRO. FOTO: ALICE VENTURI/DIVULGAÇÃO PMB

Os artistas que participaram do Premio da Música Brasileira – um dia antes de Temer definir o novo ministro da Cultura – estavam todos bastante desanimados com o fato de que, a cada dia que passa, o tema tem menos importância no País.

Com cultura

O Brasil vive sem cultura? “Está um esqueleto. A cultura carnifica, dá a dimensão da vida”, lembra Fernanda Montenegro.

Existe educação sem cultura? “Não, não existe. Ela é esquelética, é fria, é difícil. O que imanta a educação é quando ela vem junto com uma participação cultural do fenômeno educacional”, aponta, do alto dos seus 88 anos, a respeitada e talentosa atriz.

Agenda

Estava ontem na agenda de Paulo Rabello de Castro, do BNDES, um encontro, em São Paulo, com Luciano Guidolin, da Odebrecht.

De acordo com a assessoria do BNDES, a reunião era para tratar “de interesses do banco”.

Tendências: