Artesanal

Direto da Fonte

29 de junho de 2013 | 01h07

Soninha Francine, que comandou durante um ano e quatro meses a Sutaco, extinta ontem por Alckmin, ficou “muito triste” ao saber da decisão. “Era um patrimônio – e barato – para o Estado.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.