A arte imita a vida

A arte imita a vida

Sonia Racy

16 de junho de 2019 | 00h43

Iuri Saraiva, Oliver Tibeau e Thomaz Mussnich/ Foto: Flavio Ermirio

Os atores Iuri Saraiva, Oliver Tibeau e Thomaz Mussnich levam aos palcos a história nem tão conhecida da amizade dos gênios espanhóis Salvador Dalí, Federico García Lorca e Luis Buñuel – na peça Fábula e Roda dos Três Amigos, escrita por Flávio Ermírio– neto de Antônio Ermírio de Moraes – que estreia no dia 27, no Sesc Pinheiros. Thomaz conheceu Flávio depois de uma temporada em NY e dali começaram uma parceria criativa que culminou em alguns projetos – a peça é um deles. Quando Flávio se deparou com a história do trio, convidou Thomaz para viver o papel de Buñuel. “A arte nunca foi tão necessária como atualmente, com essa falta de empatia. Falar desses três artistas e da perseguição que o Lorca sofreu nos faz refletir sobre a importância que o teatro tem na abertura para o outro”, explica Thomaz.

Tendências: