Arte e surfe

Arte e surfe

Sonia Racy

11 de agosto de 2013 | 01h12

Foto: Iara Morselli/Estadão

Layla Motta não quer só ser clicada, também quer fotografar. “Sou muito curiosa. Quando comecei a modelar, me interessei tanto pelo trabalho dos fotógrafos que também me tornei fotógrafa”, conta. Sua primeira individual,
A Ilha, encerrou ontem, na Zipper Galeria. “Gostei do resultado”, pondera. A bela, porém, tem foto na coletiva Betão à Vista, no MuBE, e se prepara para entrar no mercado de arte do Sul do País: vai participar de exposição na Galeria Bolsa de Arte, em Porto Alegre. Filha do designer Carlos Motta, Layla também tem a paixão pelo surfe correndo nas veias. “Com a correria do dia a dia, vou sempre para Camburi surfar. Ali consigo relaxar”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.