Arranha-céu 2

Sonia Racy

17 de dezembro de 2010 | 23h14

Affonso Celso Prazeres, síndico do edifício-símbolo da capital, nega que esteja conversando com qualquer banco. Avisa, porém, que contratará uma agência para identificar possíveis interessados. Logo que o decreto for publicado no Diário Oficial.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: