Armas ‘podem diminuir o freio ético’, diz militante pacifista

Sonia Racy

14 de março de 2019 | 00h28

MAJOR OLIMPIO. FOTO: GABRIELA KOROSSY/CÂMARA DOS DEPUTADOS

MAJOR OLÍMPIO. FOTO: GABRIELA KOROSSY/FOTO: CÂMARA

Carolina Ricardo, do Instituto Sou da Paz, acredita que a flexibilização na posse de armas pode facilitar massacres como o de ontem, em Suzano. “A narrativa da arma de fogo ganhou força, aumentando o hábito de exibir armas como sinal de poder e segurança. Ainda não conseguimos medir o efeito, mas isso pode diminuir o freio ético.”

Armar professores
é ‘barbaridade’

O que ela acha da declaração do Major Olímpio segundo a qual a tragédia teria sido evitada se os professores estivessem armados? “Uma barbaridade. Poderia ter um efeito inicial cessando o ataque ou agravado a situação ainda mais.”

Para Carolina, o foco do poder público tem ser basicamente o de prevenir.

Tudo o que sabemos sobre:

Major Olimpioacidente ambiental

Tendências: