Armário

Redação

17 de abril de 2009 | 06h00

O Conar, órgão que regulamenta a propaganda, sustou ontem o comercial do Doritos em que meninos e salgadinhos se misturam com o hino-gay YMCA. Alvo de protestos entre a comunidade gay, a peça foi considerada homofóbica.

A Pepsico vai recorrer.

Veja também:
mais imagens Marcelo e Rita Secaf pilotam jantar em grande estilo
mais imagens Erika dos Mares Guia inaugura em São Paulo a sua primeira loja M&Guia, nos jardins
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte