Arigatô

Sonia Racy

18 de outubro de 2012 | 01h02

Entre as exigências da TV japonesa, no acordo que fez com a CBF, estava a de que pelo menos 70% dos jogadores em campo na partida Japão/ Brasil fossem titulares.

Sorte. Ninguém se machucou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.