Argentina quer esticar tratado bilateral com Brasil

Sonia Racy

05 Agosto 2018 | 00h55

CIRO GOMES

CIRO GOMES. FOTO: WERTHER SANTANA/ESTADÃO

A Argentina pressiona o Brasil a adiar novamente, para 2023, o funcionamento do livre comércio no setor automotivo. O acordo bilateral prevê 2020.

Tudo bem, a Argentina precisa melhorar suas contas externas. E veículos e autopeças representaram mais de 40% das exportações brasileiras ao mercado argentino.

Por outro lado, existem temores em relação a Ciro Gomes. Quando ministro da Fazenda de Itamar, ele baixou as alíquotas de importação de veículos e praticamente quebrou todos que vendiam carros no Pais.