Arco-íris

Sonia Racy

24 de abril de 2013 | 01h02

A Parada LGBT, que acontece dia 2 de junho, quer se reaproximar da Prefeitura de SP. A organização está em contato com a Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual para que Haddad faça o discurso de abertura.

Caso ele aceite, será o primeiro prefeito, depois de Marta Suplicy, a discursar na parada.

Íris 2

As atividades da parada começam semana que vem, com entrega do Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade. Será homenageado o governo francês, que aprovou, anteontem, o casamento entre homossexuais.

E Daniela Mercury levará prêmio pela inclusão de balé com temática homoerótica em seu trio elétrico no último carnaval.

Íris 3

Na França, aliás, a musa do governo Sarkozy, Rachida Dati, foi contrária à aprovação da lei, em especial um trecho do projeto (que não foi votado ontem) sobre a reprodução in vitro para casais homossexuais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: