Após protesto do MBL, José Américo avalia que pontes entre esquerda e centro-direita ficaram abaladas

Após protesto do MBL, José Américo avalia que pontes entre esquerda e centro-direita ficaram abaladas

Sonia Racy

14 de setembro de 2021 | 00h40

José Américo. Foto: FELIPE RAU/ESTADÃO

Após o protesto do MBL, José Américo, membro da executiva do PT, avalia que as pontes entre a esquerda raiz e a centro-direita ficaram mais abaladas, na hipótese de futuros atos unificados. Um boneco inflável de Lula, vestido de presidiário ao lado de Bolsonaro, foi exibido pelo Vem Pra Rua na Avenida Paulista.

 Sequelas  

Adelaide Oliveira, coordenadora do MBL, garante que o grupo não sabia previamente que o “pixuleco” marcaria presença no ato, mas diz que a esquerda também preparou suas provocações: “No sábado, eles colocaram a hashtag #domingocomlulanosofá”. Adelaide driblou outro contratempo: teve que pedir para um “cirista” descer do carro de som. Ele usava camisa estampando a frase “Nem Lula, Nem Bolsonaro. Agora é Ciro”.

 Sequelas 2 

Já Raimundo Bonfim, coordenador da central de movimentos populares, aposta na manifestação contra Bolsonaro, no dia 2. Deve ocorrer no calor da votação do relatório final da CPI da covid-19.

 Procurando tu 

Aliados de Alckmin buscam um marqueteiro para fazer um “retrofit” na imagem da velha guarda que está se unindo em torno do ex-governador: Kassab, Marcio França e Paulo Skaf.

O nome de Felipe Soutelo – responsável pelas campanhas de Covas em 2020 e França em 2018 – está sendo ventilado, bem como o de Átila Francci.

Aquisição

 Arystela Paz comprou, na ArtRio, todas as peças estampadas por artistas brasileiros, fabricados pela portuguesa Bordallo Pinheiro.

Entre as selecionadas estão criações de Tunga, Luiz Zerbini, Maria Lynch, Angelo Venosa, Erika Verzutti, Barrão e Marcos Chaves.

 Cofre forte

O Unidos Pela Vacina, liderado por Luiza Trajano, arrecadou mais de R$ 1,1 milhão em doações para 270 municípios no Rio Grande do Sul, em parceria com o Grupo RBS.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.