Após polêmica de foto com Moro, Karnal diz que falta divã para brasileiros

Sonia Racy

13 Março 2017 | 18h51

Leandro Karnal sentiu na pele, no fim de semana, o ódio das redes sociais que foi tema da entrevista do historiador e colunista do Estado à coluna em dezembro. Após receber uma enxurrada de críticas por postar uma foto ao lado de Sergio Moro, Karnal deletou o post e publicou um texto justificando o encontro. E voltou a falar que “falta divã e sobra sociologia no debate político”.

“Nunca vi tamanho ódio, foi assustador. Ninguém lê nada, cada um publica o que bem entende. Meu erro foi não avaliar isso. Metade dos leitores me chama de comunista doente, metade de PSDB doente. Em comum, é que sou doente para todos. Só um psicanalista para investigar a origem desse ódio. Não é mais caso mesmo de sociólogos”, afirmou o professor à coluna.