Ano dourado

Redação

30 de novembro de 2008 | 06h42

A Cosac Naify fecha o ano com chave de ouro. Além de editar o Nobel de Literatura do ano – Jean-Marie Le Clézio -, a editora venceu três categorias do Prêmio Fernando Pini de Excelência Gráfica.

Em “livro de texto”, com Moby Dick. Em “livro infantil”, com Lampião e Lancelote. E uma das Coleções de Moda Brasileira venceu na categoria “livro ilustrado”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.