Amigos e rivais

Sonia Racy

03 de dezembro de 2011 | 23h03

Andrew Parsons, presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro, quer que times grandes, como Corinthians, São Paulo e Flamengo, abracem a causa.

Para aumentar o interesse dos torcedores pelo esporte praticado por deficientes no Brasil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.