Amém

Sonia Racy

02 Dezembro 2014 | 01h03

À espera do visto de asilado, o ex-senador Roger Molina– que fugiu da Bolívia com ajuda do diplomata brasileiro Eduardo Saboia– decidiu abandonar a política. Vai ser pastor da igreja evangélica Sara Nossa Terra.

O bispo Robson Rodovalho, da SNT, esteve ontem com Molina e festejou a decisão: “Será um grande líder como pastor”.