Alto e bom som

Sonia Racy

16 de janeiro de 2014 | 01h09

Num dos últimos encontros que teve com Dilma em São Paulo, no fim de 2013, Lula deu uma bronca na presidente. O tom da conversa não foi nada ameno – tanto que quem estava do lado de fora da sala ouviu tudinho.

“Tem de descer do pedestal, descer do palanque, tocar nas mãos do povo, pegar aquele bebê remelento no colo. Você está muito pompom”, teria dito o ex-presidente, aos berros, à sucessora.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.