Alto atendimento

Sonia Racy

22 de setembro de 2015 | 01h54

Foi aprovada na última reunião do COB a montagem de uma policlínica ao lado da Vila Olímpica, no Rio – um pedido do COI. Historicamente, o número de atendimentos é grande nessa unidade – não por causa de doenças ou contusões, e sim porque os comitês de países mais pobres dela se servem para fazer exames em seus atletas. Os quais, pelo alto custo, não conseguem realizar em casa.

Custo da empreitada? Mais de R$ 8 milhões – que serão pagos pelo COB.