Alta…

Sonia Racy

23 de julho de 2014 | 01h01

Está para ser julgada pela Justiça de São Paulo ação popular contra Prefeitura, Eletropaulo e Telefônica – para que seja cumprida lei de 2005, que obriga empresas públicas e concessionárias a aterrar fios e cabos de toda a cidade.

…tensão

A meta era enterrar 250 quilômetros por ano, “mas não vemos, nas ruas, a lei sendo respeitada”, diz o advogado Marcelo Beserra, autor da ação.

Tensão 2

A Prefeitura informa ter reativado o programa que discute a questão e acrescenta que “a rede subterrânea cresce a cada ano” – passou de 47,8 mil quilômetros (de um total de 115 mil) em 2010 para 72 mil, hoje.

A Eletropaulo diz ser favorável à medida, mas que é preciso um “equacionamento financeiro do custo”. E a Telefônica Vivo afirma estar à disposição do poder público para a aplicação da lei, mas que seu cumprimento “deve ser discutido de forma integrada como todos os atores envolvidos”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: